2012 vs 2013

Foi um mau ano pessoal e desportivamente falando. Caminhei pouco, corri pouco e pedalei pouco. Cresci para os lados e senti-me uma ovelha como as outras. O ano de 2013 promete ser diferente. Ou eu é que prometi a mim mesmo. Comecei por fazer 594kms de bicicleta em Janeiro. Não é muito nem é pouco. É o suficiente para voltar a esta vida. É o suficiente para me sentir vivo. Fevereiro começou com os 200kms do brevet L’Antique. Recomecei a correr, pouco, 5kms de cada vez. Só ainda não corri mais porque gosto mais de trail running e estou a ver isto tudo muito plano. As caminhadas estão em standby por falta de material, nomeadamente botas!

E recomeço a escrever. Não me senti digno de o fazer com a devida frequência no ano passado. Se não me sentia fisicamente apto, porque me haveria de sentir apto para escrever sobre a actividade fisica? Tenho alguns escritos atrasados, principalmente sobre caminhadas.
Vou escrever não só sobre desporto. Vou ser bruto muitas vezes e vou elogiar poucas. Vai doer. Pelo menos aos alvos das minhas criticas, directos ou indirectos, vai.

E espero acabar o ano com pelo menos 10.000kms de pedais. Isto, se não levar com nenhum veiculo motorizado nas trombas.

endomondo 2013-02-07 at 12.37

Autor: rui

Partilha no

2 Comentários

  1. É pá! Belo toque de humor essa de “levar com um veículo motorizado nas trombas”. Contra isso muita iluminação, a pilhas ou não!

    [Responder]

    usaralho Resposta:

    Às vezes nem assim! Mas é verdade que com a última luz que comprei me sinto mais seguro!

    [Responder]

Comenta:

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *