Vilar de Luxo – Clássica dobrável Roda 20

No outro dia fui buscar umas pêras e trouxe as pêras e uma bicicleta antiga. Desta vez uma nacional, Vilar de Luxo bastante comuns e divulgadas. Atenção que a Vilar dos dias de hoje nada tem a ver com a qualidade ou glória de outros tempos limitando-se a vender bicicletas ao kg feias e fracas. Mesmo assim o cromado desta é inferior ao que estou habituado saindo com facilidade. É uma bicicleta roda 20 dobrável ocupando pouco espaço se assim for necessário. Existem variações deste tipo de bicicleta como mostrei com a bicicleta dobrável Ariela. Peço desculpa pela fotografia ter um fundo que distrai bastante.

Vilar de Luxo

Vilar de Luxo

Apesar de ter a pintura em estado razoável os cromados encontram-se bastante picados principalmente na roda traseira que irá precisar de uma cromagem. No entanto sendo esta bastante cara por agora apenas estou interessado que a bicicleta ande. Aliás, já está desmontada e a ser limpa na medida do possível. É uma recuperação da parte mecânica deixando os sinais do tempo à vista de todos tendo o cuidado necessário para não alastrarem. É, aliás, uma pratica crescente principalmente no mundo automóvel clássico. Calha bem que até gosto do conceito.

Pedaleira Vilar

Pedaleira Vilar

Esta é uma bicicleta com um guarda corrente deveras engraçado, para mim baseado nos carros clássicos americanos. Além disso a pedaleira que acompanhava as Vilar é também de alguma graça. Os guarda lamas apresentam frisos cor de laranja e pretos em todo o seu comprimento. Gosto particularmente desta cor de laranja, mais um motivo para a sua recuperação consistir apenas em: mecânica, limpeza, pneus novos e provavelmente selim feito em casa. O picado de ferrugem no cromado que se vê na imagem sai quase completamente com palha de aço, não que fique como novo mas à vista desarmada serve muito bem. Como espero que seja uma bicicleta para usar, nem que tenha que usar uma cada dia da semana, não vou ser muito exigente, perdoem-me os mais genuínos restauradores. O primeiro problema com que me deparei na sua montagem são os furos da rosca da roda livre demasiado pequenos para as ferramentas que tenho. Talvez sem uma imagem não se entenda muito bem, assim que possa adiciono. Queria realmente abrir, limpar e lubrificar a roda livre. Até porque estas zonas dos cubos estão normalmente cheias de óleos e resíduos que saem muito melhor com algo como gasolina mas isso vai afectar a lubrificação interna. Claro que tirando os raios é muito mais fácil limpar a zona do cubo mas não queria estar com esse trabalho agora.

Autor: rui

Partilha no

7 Comentários

  1. Boas – gostava de saber preços dos 3 modelos das biciletas.

    [Responder]

    usaralho Resposta:

    Não estão para venda mas se estiver interessado posso-lhe procurar uma.

    [Responder]

Trackbacks/Pingbacks

  1. Bicicletas antigas - [...] de senhoras que preferem uma bicicleta mais baixa. Tenho três destas bicicletas: uma bicicleta Portuguesa Vilar De Luxo, uma…

Comenta:

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *